Política Slideshow — 02 outubro 2013
ONU-Organização das Nações Unidas (联合国 Lianheguo)

(Por/J.Coutinho)

Pres. Dilma abre o verbo !

Presidenta Dilma Rousseff  fez a abertura da 68º Assembléia da ONU discursou, nesta terça, 24/09, e pegou pesado contra os abusos do país que diz ser “democrático” e também super preocupado com os direitos humanos.

O  norte-americano é tão preocupado com os direitos humanos dos outros, tanto que querem tomar conta da vida alheia, e não se importa que são os seus próprios cidadãos que estão praticando barbáries em seu próprio país.

A presidenta Dilma Rousseff cumpriu agenda nesta terça-feira, em Nova Iorque, a partir das 8h30 (7h30 horário de Brasília), quando se encontou com Ban Ki-moon, secretário-geral das Nações Unidas; a partir das 9:15h, discursou na abertura do Debate Geral da 68ª Assembleia-Geral das Nações Unidas. (10;15h horario de Brasilia).

Realizada anualmente na sede do órgão, nos Estados Unidos, a Assembleia é o único fórum oficial a contar com a presença dos chefes de Estado de todos os 193 países-membros da organização.

O tema escolhido para este ano é “Agenda de Desenvolvimento Pós-2015: Preparando o cenário”, e deve incluir discussões sobre segurança, meio ambiente e economia.

Como tudo começou

A Assembleia-Geral de 2013 foi marcada por discursos intensos sobre a situação em torno da guerra civil na Síria e questões relativas aos escândalos de vigilância na internet e telecomunicações pela Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA), revelados recentemente por jornalistas internacionais.

A presidenta cobra “respostas” do governo norte-americano sobre revelações da imprensa de que ela teria tido e-mails e telefonemas monitorados, além de denúncias de espionagem contra a Petrobras.

Bisbilhotar a Petrobras, vai lá… agora saber até a agenda particular de uma senhora, vovó Dilma não tem nenhuma  graça; isso é molecagem comercial , não de gente que diz  se preocupar com a paz para o mundo e os direitos humanos para a sociedade.

No continente africano há milhões de crianças comendo biscoito de terra, elas não são de carne e osso; na realidade elas são de pele e osso!  Não vemos tanta preocupação com aqueles pobres infelizes; eu acho que é porque eles não têm armas de destruição em massa; pois, já são massas destruídas pela falta de vergonha e de amor pelo próximo, que reina nos corações dos principais dirigentes da  ONU.

A nossa presidenta há de querer muito mais que desculpas…

já está na hora de mudar a sede da ONU e Alterar o quado dos membros que “se fizeram permanentes”

Até quando teremos que assistir os lideres mundiais irem a Nova Iorque na ONU para pagar mico, se tudo que  se fala não ecoa?

A sede da ONU deve ser itinerante, pois, enquanto não fizerem isso, nada vai mudar, quem é que vai falar alto na casa alheia, o ex-presidente Hugo Chávez , quando começou um discurso  xingou o ex-presidente G.W.Bush  de El diablo, (O Bush tá vivinho) o atual presidente da Venezuela, o companheiro Maduro, amarelou, disse que havia um complô para matá-lo e não foi falar na Assembleia deste ano;  as vezes, um ou outro levanta a voz, mas é só pra dizer que estrá marcando território, mesmo que temporário, pois no outro dia quem manda são aqueles que fizeram a Bomba atômica e dizem que outros é que tem armas de destruição em massa e de massas.

Em quanto isso não mudar essa tal ONU vai continuar sendo assim tipo “Pamonha de Piracicaba” só tem o nome !

“Discurso de abertura da Assembleia-Geral da ONU é  Tradição Brasileira”

Todo ano no mês de setembro há a reunião dos membros das nações com a presença dos chefes de Estado de todos os 193 países membros da organização; isso todos sabem !

Quase todos também sabem que é o representante do Brasil e que abre a sessão; porém, nem todos os brasileiros, e pouquíssimos estrangeiros sabem que o Brasil tem esse privilégio por tradição e por competência. 

Após ter deixado a cancelaria em 1944 depois de demitir por desavença o cônsul brasileiro em Marselha (França) Luiz Martins de Souza Dantas, o qual havia concedido diversos vistos a judeus para que fugissem do horror nazista, fato que deixou  uma mácula na vida de Oswaldo Aranha…

Em  1947, Osvaldo Euclides de Sousa Aranha volta como chefe da delegação brasileira na recém-criada Organização das Nações Unidas (ONU).

Oswaldo Aranha presidiu a II Assembléia Geral da ONU que votou o Plano da ONU para a partição da Palestina de 1947, que culminou na criação do Estado de Israel, fato que rendeu ao nosso chanceler Oswaldo Aranha eternas gratidões dos judeus e sionistas por sua atuação, em claro confronto com os países árabes da região; essa atuação acarretou recrudescimento da inimizade entre judeus e árabes e mergulhou a região em conflitos contínuos que duram até hoje.

“É tradição brasileira”

Chanceler Oswaldo Aranha

A primeira Assembléia foi pra criar a ONU, não houve abertura pois, não havia motivo, e nem havia a bancada das nações. O Brasil sempre teve bons diplomatas, não entendemos porque o Brasil não assumiu permanentemente uma Cadeira nessa Assembléia chamada de ONU.

O nosso Chanceler  Osvaldo Euclides de Sousa Aranha (Oswaldo Aranha) tomou a frente nos Trabalhos, porque era muito competente e desembaraçado, no início todos ficaram perdidos pois, ninguém tinha as palavras para abertura (Discurso de Abertura) coisa em que Oswaldo Aranha era mestre, “alguns dizem que ele foi precavido e levou um discurso escrito no seu bolso” e abriu o verbo; num outro momento forçou a votação para criar o Estado de Israel; quem presenciou a votação disse que ele praticamente votava pelos outros dizendo: Você vota sim; você também vota sim; etc.

Quando o Brasil reivindica  uma Cadeira permanente, alguns “brasileiros” torcem o nariz, não se achando capaz, alguns órgãos de comunicação quinta coluna, ficam fazendo pouco caso. O Brasil tem atualmente o sétimo PIB do mundo, o quinto maior território, a quinta maior população, a maior diversidade climática do planeta que nos propicia duas safras ao ano, a maior reserva florestal, água doce para o mundo e aquíferos capaz de abastecer o mundo durante alguns séculos etc; e o nosso verde é verdadeiro, “não virtual” ; por tudo isso, nós somos simplesmente UNO !

Link: OMC atingiu a maioridade com responsabilidade

(Por/J.Coutinho)

Compartilhar

Sobre o Autor

admin

(0) Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*



Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>